Uma forma vencedora de viver de música

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Viver de música – Uma carreira de músico é uma carreira como qualquer outra: requer planejamento, investimentos e dedicação. É bastante viável viver de música, apesar de muitas pessoas verem a profissão como um mero passatempo, o que não é verdade. Veja agora algumas dicas de como viver de música e ter sucesso na sua profissão!

Investimento em formação para viver de música

A formação de um músico é sempre um ótimo custo-benefício. Mesmo que você seja um músico desapegado da formação acadêmica, sempre há coisas novas a aprender e a oferecer ao público. Assim como em qualquer carreira, invista em se aperfeiçoar, fazendo workshops, treinamentos, indo a palestras, buscando alternativas de aulas on-line, conhecendo outras técnicas para usar em seu instrumento, etc.

Viver de música

Se é do seu interesse, faça uma graduação ou especialização também. É importante para um músico sair de sua zona de conforto e ir buscar desafios para se tornar melhor, como profissional, como pessoa, ou artisticamente.

Análise do mercado

É importante conhecer o mercado musical nacional e de sua região. Muitos músicos, com grandes ambições, estão dispostos a trabalhar em diferentes cidades e regiões e desta forma é muito importante der ideia do mercado como um todo. No Brasil, é verdade, há ainda grandes desafios para se viver de música, mas buscando as alternativas disponíveis, é possível ter sucesso e muito trabalho por um longo tempo atuando como músico profissional.

Viver de música

É importante desfocar: um músico não trabalha apenas tocando em uma banda, dando aulas ou tocando sozinho na noite. Há muitas outras funções interessantes dentro desta carreira, como produção musical, mixagem, composição, produção de jingles e trilhas sonoras, músico de estúdio, etc. Há ainda a possibilidade de viver de ensinar música, o que é muito gratificante – leia mais sobre o assunto neste artigo já publicado aqui no blog.

Experiência é importante

Treine muito e trabalhe em diferentes experiências e projetos. Desta forma, terá mais chances de adquirir os conhecimentos necessários para ser um músico competente e com flexibilidade. Desde o início da sua carreira, invista em treinos, reservando horas para repassar o que aprendeu e adquirir novos atributos.

Viver de música

Quanto mais experiente e habilidoso se tornar, melhores serão as suas oportunidades. Muitos alunos deixam de lado seus ensaios e treinos e se tornam frustrados com seus instrumentos e o mesmo não pode acontecer com um músico profissional – leia mais a respeito neste post.

Marketing pessoal e profissional

Quem não é percebido, não é visto. É preciso divulgar o seu trabalho e ter uma boa apresentação pessoal para conseguir melhores contratos e oportunidades. Isso ocorre em qualquer carreira, mas o músico é um artista e sempre está em evidência. Logo, a sua imagem deve ser bem pensada. As propostas de trabalho dificilmente caem do céu e é preciso divulgar o seu trabalho.

Quando você já tem anos de carreira e muita experiência, mas as coisas teimam em não ir para frente, talvez seja hora de rever a sua proposta musical e até seus estilo, e oportunizar um upgrade. Isso faz toda a diferenças para fechar contratos, conseguir posições em uma banda, gravadora ou orquestra, dependendo do tipo de gênero musical e proposta que você segue ou até mesmo para fechar parceiras.

Ter uma boa presença digital é fundamental – crie um site com um layout atraente e amostras do seu trabalho, um pouco da sua história e das coisas que conquistou. Crie perfil ainda em diferentes redes sociais e interaja com seu público – é uma ótima oportunidade de divulgar seu trabalho e suas apresentações. O Youtube, por exemplo, já revelou para o mundo diversos artistas que fazem sucesso atualmente.

Plano de carreira

Independentemente do momento que você vive hoje em sua carreira, é sempre possível criar um novo plano de carreira, com metas e focos diferenciados para cada fase de sua vida. O que você pretende neste momento com a sua profissão? O que está disposto a fazer para viver de música? Quais serão os passos e ações que deixarão mais perto de seu objetivo? O que já aprendeu no passado sobre a sua profissão que pode dar certo? Coloque estes ensinamentos em prática e tenha as ações necessárias até alcançar as suas metas.

Saiba ainda qual a diferenças entre o músico amador e o profissional lendo este post. Veja também as diferenças entre o músico popular e o músico clássico neste artigo.

Postagens Relacionadas